segunda-feira, 24 de julho de 2017

Khumba visita Auditório Municipal de Pinhal Novo


No dia 29 de julho, às 16 horas, o Auditório Municipal de Pinhal Novo recebe a visita de Khumba, uma jovem zebra que é diferente das outras e sofre, por isso, discriminação por parte da sua manada.



Esta sessão de cinema, para toda a família (maiores de 6 anos), utiliza a animação e a comédia para sensibilizar para questões como a inclusão, a diferença ou o bullying. Khumba nasceu com apenas metade do corpo listado, razão que é apontada pela manada como mau presságio, culpando a pequena zebra pela seca que se vive na região. A solução encontrada passa por visitar a mítica lagoa de águas mágicas, onde se diz que todas as zebras recebem as suas listas negras. Mas Phango, um leopardo malvado que aterroriza quem procura água na região, vai interpor-se entre Khumba e o seu objectivo. Uma viagem cheia de aventuras, novos amigos e descobertas vai ajudar Khumba a conhecer a sua própria força e ensinar-lhe que a diversidade é um dos segredos da beleza do mundo.
As entradas têm o valor de 3,11 euros (adulto) e 2,07 euros (criança), com aquisição no local.



sexta-feira, 21 de julho de 2017

Quer ter a sua horta biológica?


No próximo ano, o Município de Palmela vai alargar o projeto Hortas Comunitárias a novos espaços. Esta opção resulta do sucesso do projeto e do elevado número de pessoas interessadas em lista de espera, em Pinhal Novo e Quinta do Anjo.
Os três espaços criados - Palmela, Pinhal Novo e Quinta do Anjo - têm incentivado o espírito comunitário e contribuído para a valorização social e ambiental de terrenos pertencentes à autarquia, fomentando hábitos saudáveis de consumo e de ocupação de tempos livres.


Neste momento, a Horta Comunitária de Palmela tem quatro talhões disponíveis, pelo que as/os munícipes podem candidatar-se, beneficiando de uma atividade saudável, útil e que reforça os laços da comunidade, inserindo-se, também, em objectivos de sustentabilidade e de melhores políticas de alimentação. Na origem do Projeto de Hortas Comunitárias da Câmara Municipal de Palmela está a preocupação em promover a produção local de alimentos saudáveis, complementando o rendimento familiar.
Os critérios de avaliação das candidaturas, as regras de utilização do espaço, de manutenção das infraestruturas e material disponibilizado pela Câmara e informação sobre o modo de produção adotado estão no regulamento, que pode ser consultado aqui.
Inscrições através do e-mail atendimento@cm-palmela.pt e informações no telf. 212336690.










Município atribui apoios financeiros no valor de 12 mil euros para instituições de solidariedade social

A Câmara Municipal de Palmela aprovou, por unanimidade, na reunião pública de 19 de julho, propostas de apoios financeiros ao Centro Social de Palmela e ao Centro Jovem Tejo.
Ao Centro Social de Palmela (link) a autarquia atribuirá uma comparticipação de 10 mil euros nas despesas com a colocação de coberturas no Jardim de Infância “A Árvore” - equipamento que acolhe as valências de creche, creche familiar e jardim de infância (180 crianças) – uma intervenção que garantirá as condições mínimas de segurança e salubridade daquele edifício, sede da instituição. Este apoio da autarquia surge na sequência de um conjunto de constrangimentos de natureza financeira que têm vindo a impossibilitar a realização de intervenções de caráter estruturante e duradouro naquele edifício. Recorde-se que o Centro Social de Palmela (CSP) é uma instituição particular de  solidariedade social fundada em 1974 - com um conjunto de respostas sociais importantes para a comunidade, nas áreas do apoio às famílias, intervindo com crianças, jovens, pessoas em situação de desemprego e em situação de fragilidade económica - com a qual a autarquia mantém uma relação de cooperação de longa data.
Ao Centro Jovem Tejo (linkserá atribuído um apoio financeiro no valor de 2 mil euros, destinado a comparticipar as despesas decorrentes da atividade da Comunidade Terapêutica “Luís Barros”, localizada em Quinta do Anjo. Esta instituição tem como principal missão a Prevenção, Reabilitação e Reinserção de Toxicodependentes e desenvolve atividade no concelho há mais de duas décadas. A comunidade terapêutica acompanha, atualmente, 18 utentes, com idades compreendidas entre os 12 e os 62 anos.


Continua a beneficiação da rede viária - novas empreitadas em Poceirão e Pinhal Novo


A Câmara Municipal adjudicou a empreitada de repavimentação de vários arruamentos na zona sul de Pinhal Novo. Os trabalhos, no valor global de 142 mil euros e com uma extensão de cerca de 20 mil metros quadrados, contribuirão para a melhoria da condições de circulação na ruas 25 de Abril, Afonso de Albuquerque, Vasco da Gama e Combatentes da Grande Guerra e outros troços secundários. Com um prazo de execução de 42 dias, esta empreitada vem complementar as obras de beneficiação recentemente concluídas na zona norte da vila.

A autarquia aprovou, também, o lançamento de procedimento para adjudicação da 1.ª fase da empreitada de pavimentação da Rua Constantino Loureiro, em Poceirão, com o preço base de 66 mil euros. Foi aprovado, ainda, o procedimento para a empreitada de pavimentação da Rua Joaquim Maria Branco, em Poceirão, com o valor base de 28 mil euros.

Pedro Tamen é o poeta em destaque na tertúlia poética de julho


A vida e obra de Pedro Tamen está em destaque no encontro a realizar no serão de dia 28 de julho, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo, no âmbito do projeto “Palavras na Nossa Terra”. Nesta tertúlia poética do projeto promovido pela Câmara Municipal de Palmela, agendada para as 21h00, com entrada livre, as/os participantes são convidadas/os a ouvir, escrever, ler ou dizer poesia.



O poeta homenageado, Pedro Mário Alles Tamen, nascido em Lisboa a 1 de dezembro de 1934, é um poeta e tradutor, tendo ocupado, também, a função de administrador da Fundação Calouste Gulbenkian.
Licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa, Pedro Tamem codirigiu as revistas Anteu e Flama. Lecionou no ensino secundário, fez crítica literária no semanário Expresso e foi presidente do PEN Clube Português, entre 1987 e 1990.
Como poeta, escreveu “Poema para Todos os Dias”, “O Sangue, a Água e o Vinho”, “Escrito de Memória”, “Os Quarenta e Dois Sonetos”, “Horácio e Coriáceo”, “Princípio de Sol”, “Guião de Caronte”, “Retábulo das Matérias”, “Analogia e Dedos” e “Teatro às Escuras”.



O poeta já recebeu diversas distinções, como o Prémio da Crítica e o Grande Prémio Inapa de Poesia, ambos em 1991, e o Prémio PEN Clube, em 2000.
Esta sessão do projeto “Palavras na Nossa Terra” dá continuidade ao projeto de promoção da poesia e da leitura, iniciado em 2015. Sophia de Mello Breyner e Florbela Espanca são alguns dos nomes a que já foram dedicados encontros, este ano.



quinta-feira, 20 de julho de 2017

Aprovados Contratos Programa com Palmelense, Quintajense e Judo Clube para apoio à atividade e equipamentos

A Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, na reunião pública de 19 de julho, os Contratos Programa de Desenvolvimento Desportivo entre o Município e o Palmelense Futebol Clube, o Quintajense Futebol Clube e o Judo Clube de Pinhal Novo.
Ao Judo Clube de Pinhal Novo será atribuída uma verba no valor de mil euros, para apoiar a concretização do programa de desenvolvimento desportivo apresentado, a cedência de equipamento, mediante as disponibilidades da autarquia, e o apoio em serviço de transportes, de acordo com o Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo.
O Palmelense Futebol Clube será contemplado com 10 mil euros, verba que comparticipará as despesas contraídas com a realização de obras de construção de um campo de futebol de 7 e respetivas estruturas de apoio e reabilitação de balneários, posto médico e reconversão do sistema de aquecimento de águas do Campo Atlético Cornélio Palma. A  referida verba será transferida para o clube em dois momentos: 5 mil euros em 2017 e 5 mil euros no primeiro trimestre de 2018.
Ao Quintajense Futebol Clube será atribuída uma verba no valor global de 21 mil euros, para comparticipação das despesas contraídas com as obras de remodelação dos sistemas de iluminação e aquecimento de águas, instalação de painéis solares fotovoltaicos e coletores solares térmicos e a substituição das placas de fibrocimento por materiais que estão de acordo com o ambiente e a saúde pública, no campo Leonel Martins. Esta verba será transferida para o clube em dois momentos: 10 mil euros em 2017 e 11 mil euros durante o primeiro trimestre de 2018.



Venâncio da Costa Lima tem o melhor Moscatel do mundo!

       Uma vez mais, um Moscatel Roxo produzido pela adega Venâncio da Costa Lima foi consagrado no concurso internacional “Muscats du Monde” como o primeiro entre os primeiros. O Moscatel Roxo – Venâncio da Costa Lima 2013 conquistou o painel de jurados, que analisaram, em prova cega, 214 moscatéis, provenientes de 25 países. Além do prémio maior, a empresa de Quinta do Anjo, concelho de Palmela, venceu mais duas medalhas de ouro e uma de prata.
           Veja os resultados aqui.

           O Município de Palmela aprovou, de forma unânime, na reunião realizada a 19 de julho, uma saudação à adega Venâncio da Costa Lima pelo excelente resultado, que vem juntar-se a uma longa lista de prémios de relevo conquistados já este ano.


            Transcreve-se, abaixo, o texto integral da saudação:

            «A adega Venâncio da Costa Lima repetiu o feito de 2011 e viu o seu Moscatel Roxo – Venâncio da Costa Lima 2013 classificar-se na liderança do top 10 do concurso “Muscats du Monde”, assumindo-se como o melhor Moscatel do mundo.
A empresa de Quinta do Anjo colocou, também, o Pioneiro – Moscatel Roxo 2013 no Top 10 e recebeu, ainda, outra medalha de ouro com o Pioneiro – Moscatel de Setúbal 2013 e uma medalha de prata com o Venâncio da Costa Lima – Moscatel de Setúbal 2013, num total de quatro medalhas.

            O prestigiado concurso francês decorreu, este ano, entre 5 e 7 de julho, em Languedoc-Roussillon, e um painel de 55 jurados internacionais seleccionou o melhor moscatel do mundo em prova cega, entre 214 moscatéis de 25 países.

            Esta é mais uma confirmação do percurso centenário da Venâncio da Costa Lima que, a par de todos os outros grandes vinhos do seu portefólio, tem dedicado especial dedicação e labor aos moscatéis. Uma dedicação que tem sido amplamente reconhecida, em Portugal e no mundo: além dos galardões já referidos, são de salientar, também, só neste ano, os prémios maiores dos concursos Challenge International du Vin e La Selezione del Sindaco.


            A Câmara Municipal de Palmela, reunida na Biblioteca Municipal de Palmela no dia 19 de julho de 2017, saúda toda a equipa da adega Venâncio da Costa Lima pela vitória no concurso internacional “Muscats du Monde” 2017, que sublinha o excelente trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela empresa e coloca em evidência, uma vez mais, a qualidade incomparável dos moscatéis produzidos no nosso concelho e na região.»

António Afonso Antunes sagrou-se Campeão Nacional de 3.000 metros obstáculos

A Câmara Municipal de Palmela aprovou, de forma unânime, na reunião pública realizada a 19 de julho, uma saudação ao atleta António Afonso Antunes, residente no Bairro dos Marinheiros, que conquistou o título de Campeão Nacional dos 3.000 metros obstáculos, no escalão Veteranos M55, no âmbito do Campeonato Nacional de Veteranos em pista ao ar livre.
Segue, abaixo, o texto da saudação:

«António Afonso Antunes é o novo Campeão Nacional dos 3.000 metros obstáculos, no escalão Veteranos M55.
O título foi conquistado no Campeonato Nacional de Veteranos em pista ao ar livre, realizado na Pista Municipal Carlos Lopes, em Paúl – Torres Vedras, nos passados dias 8 e 9 de julho.
O atleta, que representa o Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho, da Baixa da Banheira, reside no Bairro dos Marinheiros, freguesia de Quinta do Anjo, e está a viver uma excelente época desportiva, tendo-se sagrado, já este ano, Vice-Campeão Nacional nos 800 metros, classe V55, no Campeonato Nacional de Atletismo Veterano em Pista Coberta, e Vice-Campeão Nacional de Corta-Mato Curto.
Reunida no dia 19 de julho de 2017, na Biblioteca Municipal de Palmela, a Câmara Municipal de Palmela saúda António Afonso Antunes pela obtenção do título de Campeão Nacional, que vem sublinhar o bom momento de forma.»


quarta-feira, 19 de julho de 2017

55.ª Festa das Vindimas em contagem decrescente

Com o verão no seu auge, Palmela sonha, já, com a Festa das Vindimas e trabalha afincadamente para a concretização da 55.ª edição. O certame decorre, este ano, entre 31 de agosto e 5 de Setembro, sendo esperados muitos milhares de visitantes, que, anualmente, não perdem a animação nem os momentos mais simbólicos desta Festa - uma celebração da cultura da vinha e do vinho, fortemente enraizada nesta região. São exemplos a eleição da Rainha das Vindimas (que acontece no dia 30 de agosto), o Cortejo dos Camponeses, a Pisa da Uva e a Bênção do 1.º Mosto e os Cortejos alegóricos diurno e noturno.


O espaço Adegas Wine Lounge, no Largo de S. João, é um dos locais mais apetecíveis, onde as/os visitantes podem provar e adquirir os melhores vinhos produzidos pelas várias da região. A gastronomia e os produtos locais, o desporto, a cultura, o movimento associativo, a feira e a animação infantil são mais alguns dos motivos para uma visita ao evento, promovido pela Associação de Festas de Palmela – Festa das Vindimas, com o apoio da Câmara Municipal, que atribuiu um apoio financeiro de 50.200 euros (que inclui a infraestruturação eléctrica) e presta apoio logístico e técnico ao certame.


O cartaz musical já foi apresentado pela organização e aposta em nomes como Cuca Roseta, Amor Electro, Quim Barreiros, David Antunes, Miguel Azevedo, Diana Lima ou Los Cavakitos, entre muitos outros.
Mais informações aqui.


terça-feira, 18 de julho de 2017

Núcleo museológico dedicado às raízes ferroviárias de Pinhal Novo nasce em 2018


A Câmara Municipal de Palmela e a IP Património – Administração e Gestão Imobiliária, S.A. celebram, no dia 21 de julho, às 16h00, o Contrato de Subconcessão de Uso Privativo Parcial do Antigo Edifício de Passageiros da Estação Ferroviária do Pinhal Novo.



A cerimónia decorre no próprio edifício da antiga estação, onde o Município irá instalar um núcleo museológico sobre a actividade ferroviária, profundamente ligada à vida e à História da vila de Pinhal Novo. Prevê-se que o núcleo abra portas em 2018.